Prótese dentária

Repor dentes perdidos e tecidos bucais são as metas da prótese dentária. Seu objetivo é restaurar e manter a forma, função, aparência e saúde bucal. Aplicados à odontologia, são utilizados indistintamente os termos prostodontia e prótese dentária. O termo “prótese dentária” também é utilizado para se referir ao artefato que se propõe a substituir a função original dos dentes perdidos ou ausentes.

O que se busca nessa área odontológica é a reabilitação bucal, em todas as suas funções: estética, fonética e mastigação. A equipe de especialistas da Odontowicz repõe ou restaura de forma indireta (por meio laboratorial) os dentes, por meio de confecção de próteses fixas coroas em metal, porcelana e materiais poliméricos e pontes ou próteses removíveis como prótese total (a popular dentadura) ou prótese parcial removível (ponte móvel).

Há também as próteses modernas produzidas sobre implantes como overdentures, próteses fixas livres de metal (metalfree) e próteses protocolo.

Não se deve confundir protesista (cirurgião-dentista especialista em prótese dentária) com o protético (técnico em prótese dentária), que presta serviço para o cirurgião-dentista e não deve atender diretamente o paciente.

Prótese dentária fixa

Por excelências as próteses dentárias fixas são as coroas e as pontes:As coroas são capas cerâmicas ou metálicas utilizadas para substituir a capa original de um dente quando ainda resta uma parte dele.

Já as pontes são coroas que se apóiam em outros dentes, quando não resta sequer um pedaço original do dente a ser substituído.

Prótese dentária removível

Podem ser confeccionadas de várias formas e por serem removíveis têm a vantagem de poderem ser retiradas para higienização.

Podem ser retidas por grampos, encaixes ou telescópica.

São utilizadas desde 1950, na odontologia para a reabilitação de arcadas dentárias parcialmente desprovidas de dentes. Existem centenas de trabalhos científicos que comprovam a superioridade destas próteses com relação a estética e conforto no uso, além dos benefícios para a higiene bucal que este tipo de prótese proporciona devido a possibilidade de o próprio usuário poder removê-la para limpeza, sendo considerada a primeira escolha em reabilitações de pacientes que sofreram extrações.

Dentre todas as próteses removíveis, existe um tipo que por sua massificação deve ser referida. Trata-se da dentadura. Esta se subdivide em prótese total ou parcial, isto é, se a dentadura suprir a ausência de todos os dentes do paciente se considera que é uma prótese total. Se, por outro lado, for apenas para suprir a ausência de apenas alguns dentes, esta prótese é denominada de parcial.

Diferença entre Prótese Dentária e Implante Dentário

Na busca por uma saúde dental de qualidade e excelência, surgem dúvidas sobre o que fazer na falta de um dente: prótese ou implante. O video mostra a diferença entre esses dois procedimentos odontológicos com muita clareza e detalhes.

Prótese maxilofacial

Apesar da importância dos implantes dentários, os autores não consideram a implantologia como uma divisão principal da prótese dentária. Em vez disso, os implantes são considerados auxiliares da terapia fixa, removível ou maxilofacial.

Prótese Buco-Maxilio-Facial

Prótese Buco-Maxilo-Facial é a especialidade que tem como objetivo a reabilitação anatômica, funcional e estética, por meio de substitutos aloplásticos, de regiões da maxila, da mandíbula e da face ausentes ou defeituosas, como seqüelas da cirurgia, do traumatismo ou em razão de malformações congênitas ou de distúrbios do desenvolvimento.

As áreas de competência para atuação do especialista em Prótese Buco-Maxilo-Facial incluem:
a) diagnóstico, prognóstico e planejamento dos procedimentos em Prótese Buco-Maxilo-Facial;
b) confecções, colocação e implantação de Prótese Buco-Maxilo-Facial;e,
c) confecção de dispositivos auxiliares no tratamento ematerápico das regiões Buco-Maxilo-Facial.